terça-feira, 14 de julho de 2009

Des-cubro

(Eu e a lindeza da "Cris")


O meu olhar é para frente.
O meu olhar é para mim e cresço de novo.
Aprendo com a sensação de quem ensina.
Observo mais as minhas cores.
Procuro mais significados nas formigas fazendo seu trabalho do que na queda do dólar.
No bem-te-vi no meu quintal que no horário do jornal.
Eu tinha me esquecido dessas coisas.
A borboleta também esquece que já foi lagarta. E voa.
Vou assim desenterrando coisas simples e engraçadas.
Se for preciso, invento histórias.
Não é mais a estrada.
São os carros coloridos, o verde das árvores, o branco dos pássaros, os desenhos nas nuvens e o céu azul.
A cada dia des-cubro os meus olhos.
Desembaço a vista pra uma paisagem melhor e sempre nova

3 comentários:

daniel disse...

nOssa vcs estão lindas !!

Rodrigo disse...

a fotooooooo???
ou estou feliz da vida de te re encontrar e saber que vc esta "bem" afinal não estou na sua pela-kkkk-
ou procurei vc até num querer + tive que entrar no orkut da amanda para te encontar acho que vai da rolo...shuashuashua,, mas num da nada kkk o importante é que te encontreiiiii. te gossssssto nuito viu morena.

Daniel disse...

Outro Daniel?
Concordo com ele, belissima!