domingo, 28 de dezembro de 2008

Antes que eu me esqueça

Hoje é dia de escrever aquelas coisas que não cabem nas palavras. Onde encontrar o que ainda não foi dito? Feliz Ano Novo com que letras? Obrigada com que sílabas? Quando o que está dentro da gente ameaça derramar, melhor enxugar o texto. E os sentimentos derramam mesmo, nesta semana que é fim e começo, boas-vindas e despedidas.
Ainda não é 2009, mas é quase, e o quase é um lugar meio sem chão. Fica tudo meio estranho. Sonhamos com desconfiança, mas sonhamos muito. Nossa alegria é frágil, mas nossa tristeza tem manchas de alegria. Nada é uma coisa só – tudo se mistura nesse começo que chega junto com o fim.
Mas, enfim, o que eu queria dizer, sem saber como, é que sinto:
ps1.: uma imensa gratidão por nossa convivência em 2008, me senti acolhida e aprendi muito.

ps2.: o desejo de que vocês tenham um 2009 feito dos melhores ingredientes, entre eles, amor, saúde, serenidade e todas as alegrias possíveis.

Pra mim fim de ano é como se fosse uma viajem e eu estou me abrindo pro novo, e que venha de qualquer maneira, em qualquer lugar, com muitos planos, com os melhores sentimentos, com qualquer estado de espírito, esvaziarei meu baú de coisas negativas, vale a pena começar um novo ciclo assim.
ps3.: Pessoas boas coisas novas sejam bem vindas.
ps4.: Que venha o melhor do amor em 2009 pra mim, é o que eu desejo!

Beijos e até!

2 comentários:

Anônimo disse...

Encantado =D

Jonas disse...

Encantado =D